quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Chocolate



Eu vi-te chegar. E senti-te a entrar. Permiti-te (se é que tive direito a opinião) a entrada, quase que até te abri a porta e te convidei a entrar.

Apesar de ter sido algo inconsciente, e pela qual só dei conta bastante tempo depois.

Contigo não sei como é que foi.
Sinto que nunca sequer passei do hall de entrada, e por vezes questiono-me se cheguei tão longe assim.

Não fui eu que escolhi, mas também não posso dizer que fui apanhada de surpresa.

É por tudo isso que eu gostava de (pelo menos tentar) perceber o que me é imperceptível.
Mas tal chance é me recusada.

Chega uma altura em que nada mais há a fazer.
Apenas fica o sentimento de perda e a duvida do que poderia ter sido.














"If every word I said could
make you laugh, I'd talk forever."
















"What have I done it's too late for that
What have become truth is nothing yet
A simple mistake starts the hardest time
I promise I'll do anything you ask...this time"

Chocolate by Snow Patrol

1 comentário:

Gaivota disse...

Ai meu amor, esta vida nao ta mesmo facil...

E andas a sair-me ca uma escritora sim senhora.

Beijinhos